O seu trabalho te inspira?

O seu trabalho te inspira?

Você consegue responder esta pergunta com facilidade? Sem pestanejar muito, me conta aqui o quê você realmente sente pelo seu trabalho? A vida de quem você está ajudando e/ou melhorando?

Sei que estas perguntas são incômodas, chatas e que geram até certo mal-estar quando não estamos fazendo aquilo que amamos, ou estamos envolvidos em atividades que parecem não ter nada haver com a nossa alma.

Você pode me questionar: Alinne, mas estou desempregado (a), sou mais uma vítima da C.R.I.S.E, não posso me dar ao luxo de fazer o que amo, se isso não me der dinheiro. E eu te digo: você está certo! Mas, veja por outro ângulo, pode ser que este seja o momento ideal de rever a sua carreira e procurar atividades que realmente te inspiram e fazem você trabalhar com alegria.

Pode parecer papo de autoajuda, mas, atrás de toda crise, existe uma enorme oportunidade de reorganizar nossos valores e priorizar o que realmente é importante na nossa vida.  

Já vivemos outras crises e todas elas passaram, e quando superamos crises internas e externas saímos fortalecidos, prontos para um novo florescer.

Hoje, independente da sua situação profissional te desafio a fazer um seguinte exercício: Escreva em um papel todos os seus pontos fortes, tudo o quê você sente que é realmente bom. Depois escreva todas as atividades que AMA fazer, sem restrições. Observe por um tempo estas duas listas e faça cruzamentos, verifique as ligações entre os seus comportamentos e ações.

Depois desta análise, defina um pequeno passo para a próxima semana que o colocará em ação rumo ao seu trabalho inspirador.

Saia do drama. Entre em ação.

Um beijo repleto de gratidão,

Alinne Ferreira